Os bastidores tumultuados da política de Barueri revelam alianças frágeis e interesses pessoais em jogo

Vereadores Leandrinho Dantas, Zé de Melo, Wilden Silva, Hélio Júnior, Allan Miranda, Reinaldo Campos, Tânia e Robertinho passam a integrar a base de Gil na Câmara de Barueri (Divulgação/CMB)

Barueri
Ferramentas
Tipografia
  • Minuscula Pequena Media Grande Gigante
  • Padrao Helvetica Segoe Georgia Times

A atmosfera política na câmara de Barueri virou aquele tipo de espetáculo que você não sabe se ri ou se chora, saca? Juramentos de amor eterno se misturam com facadas pelas costas e traições de novela mexicana, tudo isso com uma cara de pau que até o diabo duvida!

Nas últimas reuniões do Parlamento 26 de Março, o que rolou foi um verdadeiro circo dos horrores político, mano. Os caras que supostamente nos representam tão bem, estão lá, dando tapinhas nas costas, jogando confetes e fazendo homenagens como se fosse o Oscar da politicagem, mas deixando a galera na seca quando o assunto é resolver os pepinos da cidade.

O tal do vereador Fabião, que tá querendo ser prefeito, chegou arrebentando, mano! Jogou uma pesquisa na rodinha e deu o que falar. Mas aí o presidente da parada, Toninho Furlan, não deixou barato, não. Deu um sabão no Fabião, dizendo que o MDB é mais falso que nota de três reais e que os caras só pensam nos próprios interesses. Que mão pesada!

E não para por aí, tem até o Reinaldo Campos, que era fiel ao Furlan, mas do nada pulou pro time do Gil Arantes. O cara fez um discurso cheio de Deus e família, falando que não queria nem saber de PT, aborto, incesto, e mais um monte de coisa típica de uma bolsonarista que não passou do 4ª série, mas quer frisar que não é bolsonarista. Mas peraí, o PT não tá nem aí pro Furlan, e sim pro Gil. Que confusão!

O Allan Miranda também não ficou de fora, mano. Tava lá, xingando todo mundo e dizendo que só apoia quem tá debaixo do guarda-chuva dele. O cara é tipo uma nuvem de tempestade, só que política!

E o Wilson Zuffa? Esse meteu o pau nos traidores que trocaram de lado na última hora, mano! Chamou os caras de oportunista e ainda falou que tão ferrando o rolê pra quem já tava com o Gil desde o comecinho. Tiro, porrada e bomba!

Enquanto isso, o Hélio Jr. tá lá, fazendo seus malabarismos políticos, trocando de time feito camisa em dia de jogo. É cada um por si e o diabo que carregue!

A falta de vergonha na cara e as acusações voam soltas nesse circo dos horrores político, e a galera só assiste, de camarote. Parece até novela mexicana, mas é a política de Barueri, meu irmão!

E aí, o que será que vem pela frente nesse jogo sujo? Só Deus sabe, irmão! Mas uma coisa é certa, ainda vai ter muita treta e confusão pra gente assistir nesse palco da politicagem!

*Com informações do Jornalista Gerson Pedro do Barueri na Rede

L10 ADS