Secretaria de Meio Ambiente investe no monitoramento da qualidade do ar de Barueri - L10 NOTÍCIAS

Barueri
Ferramentas
Tipografia
  • Minuscula Pequena Media Grande Gigante
  • Padrao Helvetica Segoe Georgia Times
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Desde 2014 a qualidade das águas das bacias e microbacias de Barueri é monitorada em parceria da Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente (Sema) com a Fieb (Fundação Instituto de Educação de Barueri).

Com a criação do Projeto “Respirar Barueri” a partir de abril deste ano, numa cooperação técnica com o ITB (Instituto Técnico de Barueri) Engenho Novo, o ar também passará a ser monitorado.

Nesta quarta-feira, dia 15, o secretário Marco Antônio de Oliveira, o Bidu, entregou quatro aparelhos móveis de alta tecnologia capazes de aferir a temperatura, nível de gás carbônico (CO2) e também de Ozônio e detecção de partículas sólidas ao ITB.

“Entregamos também um decibelímetro (aparelho que afere a poluição sonora)”, revela Edson Akira Mihara, diretor-técnico de Qualidade Ambiental da Sema.

“Selecionamos dois estagiários entre os estudantes de Química do ITB para atuarem por um ano no mínimo nas pesquisas. Vai ser muito bom para aprimorarmos os estudos”, conta Rosângela Cavalcante, coordenadora-técnica do curso de Química do Instituto.

O plano de trabalho consistirá na determinação dos pontos de coleta pelos técnicos da Sema. Os professores e os estagiários realizarão as coletas em veículos disponibilizados pela Secretaria. O ITB enviará um relatório técnico e fotográfico à Sema, que por sua vez incluirá as informações no Termo de Cooperação Técnica.

“É muito bom podermos contribuir com a capacitação dos alunos do ITB ao elaborar os relatórios de monitoramento e ainda termos armazenados dados científicos que poderão ser utilizados por vários anos”, arrematou o secretário Bidu.

 

 

Da redação
Foto: Ricardo Santos/Secom-PMB