Varíola dos macacos: Osasco e Itapevi registram os primeiros casos da doença  - L10 NOTÍCIAS

Saúde
Ferramentas
Tipografia
  • Minuscula Pequena Media Grande Gigante
  • Padrao Helvetica Segoe Georgia Times
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo confirmou, no dia (05/07), 24 novos casos de varíola dos macacos entre segunda e terça-feira, totalizando 77 pacientes positivos. 

Na região Oeste da Grande São Paulo, a cidade de Itapevi registrou o primeiro caso da doença na semana passada e Osasco nesta semana.  

No Brasil, o Ministério da Saúde informou que o país totaliza 80 casos confirmados da doença, com apenas 52 no estado de São Paulo. Com isso, o total de infectados por aqui é de 105 pessoas. 

O órgão estadual informou que a capital concentra a maioria dos doentes, com 69 casos. As demais cidades com ocorrências da doença são: Indaiatuba (2), Cajamar (1), Itapevi (1), Osasco (1), Santo André (1), São Bernardo do Campo (1) e Vinhedo (1). 

A secretaria afirmou que os infectados estão sendo supervisionados e seguem sob os devidos cuidados locais. O aumento de casos é comum e esperado, visto que o país já sofre com uma transmissão comunitária da doença. 

O vírus já infectou pessoas que não viajaram ou tiveram contato com quem esteve em países com surto, como Espanha e Portugal. 

No fim do mês passado, a OMS (Organização Mundial da Saúde) fez uma reunião, mas não considerou a varíola do macaco uma emergência sanitária de preocupação internacional.

A organização destacou que a doença não deve ser minimizada e requer esforços com respostas rápidas. 

 

Anúncio

Lopes consultoria contabil

Da redação
Foto: Divulgação